Vitória inicia sequência de jogos em casa para tentar vaga no G-4 do Baianão

Foto: Pietro Carpi | EC Vitória

Penúltimo colocado do Campeonato Baiano, com sete pontos, o Vitória inicia nesta quarta-feira, 28, uma sequência de três jogos como mandante para se recuperar na tabela e buscar uma vaga na semifinal. A missão do Rubro-Negro, caso ele decida aceitá-la, é vencer as três partidas para garantir a classificação independentemente dos resultados das outras equipes. O primeiro adversário será o Vitória da Conquista, em compromisso atrasado da segunda rodada. A bola começa a rolar às 19h30, no Barradão.

A busca pela vaga na semifinal não será fácil, mas passa longe de ser classificada como uma ‘Missão Impossível’. Mesmo sem a ajuda de Ethan Hunt (interpretado Tom Cruise no cinema) e dos agentes secretos da IMF (Força Missão Impossível, na sigla em inglês), o técnico Rodrigo Chagas e seus comandados são capazes de recolocar o time no mata-mata estadual, algo que aconteceu pela última vez em 2018.

“É um jogo de vida ou morte para a gente”, afirmou o técnico do Vitória. “Não só esse do Conquista, mas os outros dois também”, completou Chagas, responsável por liderar a missão rubro-negra.

Se a tabela de classificação mostra o Leão na penúltima posição, isso se deve, principalmente, a dois fatores. Primeiro, aos dois jogos atrasados que vão começar a ser ‘pagos’ nesta noite. Segundo, à prioridade dada a outras competições. Com apenas um elenco à disposição, Rodrigo Chagas usou o estadual para descansar alguns jogadores, fazer testes com outros e rodar as peças do time.

Agora, sem a Copa do Nordeste e com os jogos da Copa do Brasil ainda sem data definida, o Campeonato Baiano aparece como prioridade no departamento de futebol do Vitória. Situação exposta pelo próprio treinador do Leão.

“Agora jogando apenas uma competição, acho que vai dar para a gente poder estruturar bem a nossa equipe. A gente sabe que é um jogo que é final de Copa do Mundo, de suma importância”, reforçou Rodrigo Chagas.

A linha de raciocínio foi a mesma seguida pelo zagueiro Wallace Reis. No início da semana ele participou de entrevista coletiva na Toca do Leão e cobrou o time pela classificação no Baianão.

“Inadmissível o Vitória ficar fora de uma final do Campeonato Baiano, não é de uma semifinal, não. A gente entende e sabe o tamanho que é o Esporte Clube Vitória”, afirmou o capitão rubro-negro.

Junto com o foco em uma única competição, o fator casa também deve ser decisivo para o Vitória conseguir a vaga no G-4 do Baianão. Nesta temporada, o time foi derrotado apenas uma vez no Barradão. Nas outras seis partidas, venceu cinco e empatou uma.

Quem joga

Rodrigo Chagas não fez mistério e usou a entrevista coletiva de terça para confirmar o time. O treinador disse que não conta com os dois laterais, Pedrinho e Raul, ambos vetados pelo departamento médico. Por outro lado, comemorou o retorno de Gabriel Bispo, que cumpriu suspensão contra o Ceará.

“Já temos nossa equipe definida. Temos apenas a dúvida nas duas laterais, até porque Raul sentiu um desconforto e Pedrinho é em relação à lesão que tinha, jogou no esforço contra o Ceará […] Temos o retorno de Bispo e, nos demais, será praticamente a mesma equipe que jogou o último jogo”, antecipou o técnico.

Além dos laterais, Chagas também não contará com outros jogadores que seguem em recuperação de lesões. São os casos dos meio-campistas Fernando Neto e Guilherme Rend, e do zagueiro Marcelo Alves. Cedric, que começou a partida contra o Ceará, mas deixou o campo ainda no primeiro tempo, segue como dúvida.

VITÓRIA X VITÓRIA DA CONQUISTA – 2ª RODADA DO CAMPEONATO BAIANO 2021

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA), às 19h30

Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade
Assistenses: Marcos Welb Rocha e Carlos Eduardo Bregalda Gussen

Vitória – Ronaldo; Van, João Victor, Wallace e Roberto; Gabriel Bispo, Eduardo e Soares; Vico, David e Samuel. Técnico: Rodrigo Chagas.

Vitória da Conquista – Ronaldo; Raul, Tiago, Breno e Alex Lagamar; Fagner, Rodrigo e Neto; Leonardo, João Grilo e Airton. Técnico: Guilhermino. Informações do Portal A Tarde.