Vitória sofre gol de pênalti e decisão da vaga fica para jogo de volta no Sul

A interferência do árbitro Marcelo de Lima Henrique decidiu a partida desta quinta-feira à noite, no Barradão, e o Inter larga em vantagem na disputa da vaga às oitavas de final da Copa Intelbras do Brasil. O experiente apitador carioca ignorou falta sofrida pelo lateral Roberto ao ser derrubado na área pelo zagueiro baiano Lucas Ribeiro, revelado pelo rubro-negro baiano, nos minutos finais.

Com a derrota por 1 a 0, o Vitória vai precisar vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga no tempo normal, ou repetir o placar do jogo de hoje à noite, para decidir nos pênaltis a classificação às oitavas. O único gol do jogo foi assinalado por Thiago Galhardo batendo pênalti aos 27 minutos do 2º tempo.

O jogo de volta será quinta-feira (10) da próxima semana, às 21h30, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

O Vitória iniciou a partida com a marcação adiantada para impedir a saída de bola do Inter e chegou a incomodar. Mas ao mudar de postura, deu espaços ao adversário que passou a ter mais posse de bola.

No primeiro tempo, as chances foram poucas. A principal delas a favor do Vitória num chute de fora da área de Guilherme que obrigou o goleiro se esticar para espalmar e evitar o gol. O Inter contou com um chute de Ednilson que a bola passou longe do gol defendido por Ronaldo.

O Vitória voltou para o segundo tempo sem os dois jogadores advertidos com cartão amarelo: o meia Soares deu lugar ao volante João Pedro, enquanto o atacante Guilherme saiu para a entrada de Ygor Catatau.

A partida seguiu com o Inter com maior posse de bola e o Vitória sem nenhuma agressividade. O técnico Rodrigo Chagas modificou a equipe, colocando Cedric e Samuel Granada, porém, não surtiu efeito e o Inter acabou beneficiado com um pênalti cometido por Wallace. Thiago Galhardo bateu, Ronaldo ainda tocou na bola, mas não impediu o único gol.

COPA DO BRASIL|3ª FASE|JOGO DE IDA

VITÓRIA 0 X 1 INTERNACIONAL
Data: 03/06 – QUI
Local: Barradão, Salvador (BA)
Horário: 19 horas
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Gol: Thiago Galhardo (pênalti) aos 27min do 2º tempo
Cartão Amarelo: Guilherme, Soares (VIT), Lucas Ribeiro e Taison (INT)

VITÓRIA: Ronaldo; Raul Prata, Marcelo Alves, Wallace e Pedrinho (Roberto); Gabriel Bispo, Fernando Neto (Cedric) e Soares (João Pedro); Guilherme (Ygor Catatau), Samuel (Samuel Granada) e David. Técnico: Rodrigo Chagas.