Ação judicial contra Gaviões da Fiel exige que escola se retrate

A escola de samba Gaviões da Fiel enfrenta agora uma ação judicial após ter usado a figura de Cristo sendo derrotada pelo Diabo durante o Carnaval deste ano em São Paulo.

O advogado Carlos Alexandre Klomfahs abriu um processo, alegando que a escola “desrespeitou o símbolo e a religião cristã” com a representação em sua comissão de frente da “disputa” onde Jesus é aparentemente vencido.

Após ter gerado a maior polêmica do Carnaval este ano, a Gaviões chegou a publicar em suas redes sociais uma foto do desfile com os dizeres “Jesus venceu o mal. Ele vive”.

Não foi o suficiente para Klomfahs. Ele requereu que a escola paulista  se “retratasse em 24 horas sobre o tema do enredo escolhido para sua Escola que apresentou a figura cristã de maior relevo ao cristianismo – Jesus Cristo – sendo vencido e humilhado por Satanás em nítido desrespeito ao sentimento religioso do autor e de milhões de brasileiros cristãos”.

Contudo, não obteve resposta. Ele pede na justiça que a Gaviões da Fiel seja obrigada judicialmente à “imediata retratação pública à comunidade cristã de todo Brasil, sob pena de multa diária de 30 mil reais”.

Fonte: Gospel Prime

Comentários no Facebook