Defesa Civil faz balanço dos estragos causados pelas chuvas e avanço do mar

Desde o dia 22 de março até terça-feira, (26), a Defesa Civil registrou 16 ocorrências provenientes das chuvas do último fim de semana. Entre eles: três enchentes e alagamento nos bairros de Burissatuba, Verdes Horizontes, Gleba E; dois deslizamentos, um no bairro de Santa Maria e outro no Incoop; no Gravatá e em Catu de Abrantes, o órgão registrou dois desabamentos. As pontes do Jordão e do Botafogo, em Dias D´ávila, foram interditadas. Três árvores caíram: uma na região do SAC, outra em Novo Horizonte e mais uma na Praça Abrantes.  Nas localidades do bairro dos 46, Phoc 3, Burissatua e Parque Verde, foram necessário uso de lona plástica.

Na praia de Guarajuba, as ondas derrubaram parte do passeio próximo a areia. A área foi isolada pela Defesa Civil, pois corre risco de mais desabamentos. De acordo com representante do órgão em Camaçari, Ivanaldo Soares, o local, terá intervenção da União, por se tratar de uma área de domínio da Marinha: “Estamos fazendo um estudo, de como deve ser feita a revitalização. Entramos em contato com a União, através da secretaria de turismo. O papel da Defesa Civil ali, foi fazer um relatório do risco, e esse relatório está servindo para ver junto a união, o que pode ser feito”, relatou.

A Defesa Civil esteve hoje no local, fazendo vistoria, e estuda a possibilidade de retirada dos coqueiros próximo ao local do desabamento. Alguns barraqueiros relataram que as erosões, somadas ao período chuvoso tem trazido muitos prejuízos. ” A dificuldade que nó temos é essa aí: esse paredão visivelmente, que tira toda a beleza da praia, e com isso acaba afastando os banhistas, os turistas, acostumados a frequentar esse ambiente. Porque nós dependemos da venda, e desse jeito que está, fica difícil, mas estamos lutando, estamos tentando reconstruir o pouco que ainda resta”, declarou Manoel Miranda, que trabalha no bar onde aconteceu o deslizamento.

A Defesa Civil de Camaçari, alerta aos banhistas, frequentadores e pescadores da praia da região costeira da cidade que tomem cuidado nesse período: É Importante atentar para as placas de sinalizações; as bandeiras que marcam, amarelo: alerta; vermelho: perigo. Nunca beber demais e tomar banho, porque bebida com água não combinam”. Ele orientou ainda sobre o cuidado com as crianças. “Às vezes as pessoas vão à praia e esquecem das crianças. É preciso ficar alerta! ”.

Reportagem: Ailton Gonçalves

Comentários no Facebook